3Tecnos

A Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz) está implantando o Sistema Online ‘Contabillis' em todas as secretarias do município desde o início do ano. O objetivo da atual gestão com a nova ferramenta é otimizar o controle e planejamento de compras, evitando gastos desnecessários. O Contabillis vai funcionar de forma integrada ao Sistema ‘Aracaju Compras', que é sistema de licitações e contratos, atualmente utilizado pela Prefeitura.

O novo sistema de contabilidade foi desenvolvido para integrar as demandas de material administrativo de todas as secretarias, possibilitando o acompanhamento dos gastos e das medidas de redução de custos, através de relatórios atualizados sistematicamente. Segundo o coordenador da Coordenadoria de Controle e Gestão de Sistemas da Secretaria Municipal da Fazenda, Marcos Dias, a implantação do sistema foi uma solicitação do prefeito Edvaldo Nogueira para controlar gastos e agilizar o atendimento das necessidades das secretarias.

"As escolas, por exemplo, fazem a solicitação do setor de almoxarifado através do memorando. Agora, os diretores vão fazer as solicitações pelo sistema online. A secretaria vai receber o pedido e depois analisar as demandas. O novo sistema vai servir também como uma espécie de controle para saber quanto está sendo gasto, se o material está sendo utilizado de forma adequada e se a quantidade que está sendo solicitada condiz com a quantidade de alunos", explicou.

A maioria das secretarias já está utilizando o ‘Contabillis'. As próximas secretarias a receberem o sistema em sua totalidade serão as secretarias da Saúde e da Educação. "Deixamos essas duas pastas por último pelo grande volume de demanda na Prefeitura e também para estudarmos melhor e vermos se esse sistema atende as necessidades dessas secretarias", afirmou o coordenador.

Capacitação

Duzentos e oitenta servidores de várias secretarias do município passaram por um treinamento específico para utilizarem de forma eficaz a nova ferramenta. A capacitação ocorreu na Escola de Governo e Administração Pública (Esgap), durante o período de 11 a 29 de setembro. "O curso contou com 16 módulos. Os servidores viram na prática como vai funcionar o sistema. O treinamento incluiu o almoxarifado, patrimônio, contratos, licitações, dispensas e controle de combustível", colocou o coordenador.